Como eu dizia, a respeito do poema: tem que pegar…na geral, como já cantou Blanc, o Aldir. E é isso.

Anúncios

2 comentários em “

    • Tá, por nada. O fato é que estou numa fase de degustação poética e fui logo dar de cara com um poeta descoberto por Marcelino Freire e, seguindo as migalhas de pão, acabei por encontrar os dois poemas teus: densos, seivosos e exatos. Aliás, também assim o poema de Fred Souza Castro. E é isso.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s